vestário na represa

O edifício surge da necessidade de apoio aos usuários desta represa, localizada em uma fazenda particular no interior do estado de sp, e consiste num programa muito simples e singelo, com um vestiário e um depósito de equipamentos de lazer náutico.

Para tal uso, se propôs uma estrutura composta por três pilares de concreto armado que suportam uma laje maciça, também em concreto. Desta forma, obtêm-se o perímetro delimitado pela cobertura, sem nenhuma parede ou fechamento, que passa a ser feito com uma modulação linear de tábuas de madeira garapeira fixas em perfis metálicos.

As tábuas, moduladas e espaçadas de 20 em 20 cm, fazem a vedação do conjunto e ao mesmo tempo criam um elemento vazado para ventilação e iluminação natural.

Desta maneira, de dia os raios de sol entram no pavilhão de maneira filtrada e fazem em efeito de luz nos ambientes internos, e de noite a iluminação transmite o mesmo efeito no sentido contrário, de dentro para fora, transformando o pequeno edifício num farol guia no meio da densa vegetação, e mantendo o ambiente permanentemente ventilado, questão fundamental para sua manutenção.

ficha técnica

localização: sato antonio de posse - sp, brasil
área: 25.0 m2
ano do projeto: 2018

equipe: Bruno Rossi, Adriano Bueno, Letícia Sitta
Gustavo Bella [obra]

fotografias: andré scarpa